Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Engajamento de funcionários ganha força nas estratégias de sustentabilidade de edifícios e empresas

Publicação Global Sustaintability Perspective, da consultoria imobiliária Jones Lang LaSalle, mostra que ocupante é elemento-chave para o sucesso de ações e práticas sustentáveis em prédios comerciais


Os edifícios de escritórios evoluíram significativamente ao longo dos últimos 20 anos, desde o surgimento dos primeiros prédios com certificação verde no Reino Unido, que depois se espalharam pela América do Norte e posteriormente para outras partes do mundo. Diversas tecnologias e ações colocadas em prática nos empreendimentos, ao lado de ferramentas mais sofisticadas de gestão predial e da evolução técnica das atividades de gerenciamento de facilities, contribuíram para aumentar a qualidade dos empreendimentos e o bem-estar de seus ocupantes.

Porém, um elemento-chave para a operação e o cotidiano de um edifício sustentável é, muitas vezes, colocado em segundo plano. Os ocupantes dos empreendimentos têm um papel fundamental para o sucesso das ações sustentáveis de edifícios e empresas, mesmo que seus escritórios não tenham sido concebidos segundo os padrões para uma certificação verde.

O envolvimento dos funcionários tem sido tradicionalmente monitorado e medido a partir de uma perspectiva pura de gerenciamento de recursos humanos, e usado para ajudar as empresas a atrair e reter funcionários qualificados, inovadores e produtivos. No entanto, com o surgimento dos edifícios verdes e os imperativos da sustentabilidade ambiental, as empresas estão agora preocupadas em ampliar o envolvimento dos funcionários. Como consequência, os gestores de propriedades e os líderes de recursos humanos estão cada vez mais trabalhando juntos para construir programas de engajamento em sustentabilidade.

A Jones Lang LaSalle tem ajudado grandes corporações em todo o mundo na concepção e na implementação desses programas. Como acontece em outras iniciativas corporativas, existe uma diferença significativa entre os bem-intencionados esforços individuais e um programa de engajamento de funcionários estratégico e holisticamente concebido. E apenas um processo de envolvimento de toda a empresa pode mobilizar centenas de pessoas em diversas localidades e linhas de negócio. 

Nesta edição da publicação Global Sustainability Perspective, a Jones Lang LaSalle mostra o que é preciso para criar uma estratégia de sucesso para envolver os funcionários em iniciativas de sustentabilidade. A matéria Employee Sustainability Engagement também traz exemplos concretos de como grandes empresas mundiais estão lidando com este tema.

Ainda nesta edição, o texto Water: The Next Big Issues for Real Estate mostra como a água vem lentamente tornando-se um preocupação para o setor imobiliário, mesmo ficando por vezes em segundo plano em relação às questões relativas à energia e às emissões de carbono, temas que estiveram mais em evidência na última década.

As secas periódicas e inundações registradas em muitas regiões do mundo nos últimos anos trouxeram esta questão para a agenda de corporações, organizações públicas e do público em geral. O Fórum Econômico Mundial tornou a água um tópico de destaque pela primeira vez em 2010 e esta edição da publicação da JLL chama a atenção para a importância da água doce e da gestão dos recursos hídricos em todo o mundo.