Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Notícias

Jones Lang LaSalle lança pesquisa sobre mercado hoteleiro da Colômbia

Primeira edição do estudo, realizado em parceria com a Associação Hoteleira e Turística da Colômbia, mostra que país desponta como um dos mais dinâmicos mercados hoteleiros  da América do Sul


O Grupo de Hotéis & Hospitalidade da Jones Lang LaSalle acaba de publicar a primeira edição da pesquisa Hotelaria em Números – Colômbia 2012. Realizado em parceria com a Associação Hoteleira e Turística da Colômbia (COTELCO), o estudo, que terá periodicidade anual, traz um panorama do mercado hoteleiro do país, por meio de uma análise detalhada do desempenho de mais de 60 unidades hoteleiras na Colômbia, que compreendem mais de 7.500 quartos, e é um importante instrumento de referência para investidores hoteleiros nacionais e internacionais em suas avaliações do mercado local e durante o processo de elaboração dos planos orçamentários de propriedades existentes.

A Colômbia está entre as 25 principais economias mundiais, sendo a quarta maior economia latino-americana. Previsões apontam para um crescimento de 4,5% do PIB real até 2015, o PIB per capita do país triplicou entre 2004 e 2011, transformando a Colômbia em um importante mercado consumidor e um dos mais importantes destinos de investimentos da América do Sul.

O país também vem se destacando como um dos mercados hoteleiros mais dinâmicos da região. O panorama econômico positivo, aliado a sua localização estratégica e sua reputação crescente como um país favorável aos negócios vêm criando perspectivas atrativas de crescimento para empresas hoteleiras locais e internacionais. O turismo internacional cresceu mais de 10% por ano nos últimos sete anos, bem acima da média internacional e os gastos estrangeiros, no mesmo período, cresceram 13%.

Hotéis: oferta equilibrada e forte demanda do segmento corporativo – Desde meados dos anos 2000, as cadeias hoteleiras locais têm se expandido em ritmo acelerado no mercado colombiano, seja como proprietárias totais ou parciais de hotéis ou como administradoras.

A instabilidade econômica vivida pelo país no passado criou barreiras para a entrada de marcas hoteleiras internacionais, cuja presença no mercado ainda é limitada. Porém, esse cenário vem se revertendo rapidamente, à medida que o crescimento econômico do país oferece novas perspectivas para investimentos hoteleiros, seja pela aquisição de propriedades existentes ou por associação com companhias locais. Várias companhias hoteleiras internacionais já presentes no país anunciaram projetos de novos hotéis e acordos de desenvolvimento com sócios locais, enquanto outras têm firmado contratos de gestão de novas propriedades hoteleiras orientadas aos negócios e resorts.

A pesquisada Jones Lang LaSalle mostrou que a oferta hoteleira no mercado colombiano está uniformemente distribuída entre hotéis afiliados a cadeias (54%) e hotéis independentes (46%). Também há um equilíbrio na distribuição de hotéis na capital Bogotá – principal mercado hoteleiro do país –, e nas demais cidades colombianas.

Em 2011, a média de ocupação dos hotéis do país foi de 56,7%, e as diárias médias atingiram 250,450 pesos colombianos. Em dólares, os hotéis colombianos atingiram RevPar* de US$ 77 em 2011.

Em relação à demanda, o segmento corporativo representou 54,8% do total de hóspedes em 2011, seguido pelo de operadores turísticos, que teve participação de 17,9%. Os hóspedes individuais corporativos e de lazer representaram 10,7% do total. A predominância do segmento corporativo em todas as categorias de hotéis do país mostra claramente a crescente importância do mercado colombiano como um destino de negócios. A Colômbia ainda é um destino turístico emergente, mas entidades governamentais como a Proexport Colombia, responsável pela promoção do turismo, investimentos e exportações, vêm participando ativamente de campanhas para promover o turismo internacional e para aumentar a atratividade do país como destino de investimentos.

O Grupo de Hotéis & Hospitalidade da Jones Lang LaSalle é líder mundial em serviços imobiliários voltados para hotéis de luxo, upscale, de categoria tanto especial como econômica; empreendimentos no sistema de timeshare e de propriedade compartilhada; centros de convenções; empreendimentos de uso misto e outros imóveis do setor de hospitalidade. Seus mais de 265 especialistas atuam em conjunto com investidores e proprietários/operadores em todo o mundo para estruturar e dar apoio a estratégias de investimento que entreguem máximo valor ao longo de todo o ciclo de vida de um ativo. Nos últimos cinco anos, a equipe concluiu mais transações do que qualquer outra consultoria imobiliária do mundo na área de hotéis e hospitalidade, totalizando quase US$ 25 bilhões, tendo também concluído aproximadamente 4.000 trabalhos contratados nas áreas de consultoria e avaliação. Os especialistas do grupo de hotéis e hospitalidade da Jones Lang LaSalle fornecem consultoria independente e especializada para clientes, amparados por suas pesquisas líderes do setor.

Para mais novidades, vídeos e pesquisas do Grupo de Hotéis & Hospitalidade da Jones Lang LaSalle, visite o site www.jll.com/hospitality