Reportagem

Distribuição logística, a grande vocação de Guarulhos

Guarulhos está experimentando o renascimento no segmento logístico.

21 de Novembro de 2016
Distribuição logística, a grande vocação de Guarulhos

Na contramão da crise, está em aceleração o mercado de condomínios logísticos em Guarulhos, município paulista que tem atraído novas empresas de distribuição logística de pequeno e médio porte.

Tradicionalmente, predominavam em Guarulhos empresas do setor industrial, como metalúrgicas e autopeças. Mas, nos últimos anos, a cidade vem passando momentos difíceis com o êxodo ou fechamento de empresas.

Sua localização privilegiada atraiu a atenção de investidores imobiliários que enxergaram o potencial da cidade para a distribuição logística.

“Observamos o renascimento de Guarulhos no segmento logístico. Os developers anteciparam essa tendência e investiram em condomínios modernos. Cerca de 11% dos novos estoques de galpões (113 mil m²) previstos para serem entregues até o final de 2016 foram construídos em Guarulhos”, afirma Pedro Candreva, diretor regional de Transações da JLL.

Segundo ele, a maior procura é por espaços entre 2.500 e 10 mil m², especialmente por empresas emergentes de distribuição de alimentos, produtos farmacêuticos e de higiene pessoal.

“Trata-se de um novo negócio, de pequenos distribuidores que colhem mercadorias nas fábricas e as entregam em farmácias e lojas de bairro, locais que não contam com espaço para estoque e só podem ser acessados com veículos urbanos de carga (VUC). Abastecem também centros logísticos de redes de varejo”, diz Candreva.

Localização privilegiada

Uma das principais condições para o florescer dessa nova vocação da cidade é a malha viária e o fácil escoamento de mercadorias. A cidade é cortada pela Rodovia Presidente Dutra, importante ligação entre São Paulo e Rio de Janeiro, e próxima da Rodovia Fernão Dias, caminho para Belo Horizonte e Nordeste. Em breve, estará ligada ao Rodoanel Mário Covas.

Segundo Candreva, esse movimento visto em Guarulhos é semelhante à consolidação do setor logístico que ocorreu há oito anos em Cajamar, no eixo da Rodovia Anhanguera, com fácil acesso ao Rodoanel e à Rodovia dos Bandeirantes.