Infra FM Talks: Fábio Martins revela estratégias para gestão segura dos edifícios corporativos durante a pandemia e projeta reentrada

Em entrevista, diretor de Gerenciamento de Propriedades da JLL avaliou a necessidade de uma boa administração predial para garantir que a gestão dos recursos seja eficiente e o retorno das pessoas, planejado de forma segura.

12 de Junho de 2020

 

Ao mesmo tempo em que a maioria das empresas começa a planejar a reentrada nos escritórios, os condomínios corporativos também seguem na preparação para voltar a receber um fluxo considerável de pessoas em suas áreas comuns. Dessa forma, é fundamental uma boa administração predial para garantir o bem-estar dos usuários e a gestão eficiente dos recursos do empreendimento.

Em participação no Infra FM Talks, Fábio Martins, diretor de Gerenciamento de Propriedades da JLL, analisou a atuação da área, que durante o período de pandemia atua de forma ainda mais estratégica, adotando medidas para conter o avanço do coronavírus nos espaços corporativos e respeitar as orientações de distanciamento e higienização.

“O maior benefício desse momento é a comunicação. É importante que todos entendam o que está sendo feito nos prédios e a segurança disso. Nós informamos todos os usuários, fizemos um plano de retomada nos empreendimentos e divulgamos para os clientes. Assim, todos estão cientes do que está sendo feito e o que será feito em relação à manutenção, ao distanciamento, como o local será sinalizado e onde os insumos estarão disponíveis, por exemplo”, disse o executivo. 

“Para auxiliar as pessoas da área de Gerenciamento de Propriedades, disponibilizamos desde o início máscaras, álcool gel e demos dicas para que todos lavassem as mãos constantemente. Para que nós possamos fazer uma gestão eficiente dos empreendimentos, precisamos primeiros ter os nossos profissionais seguros.” 

Fábio Martins, diretor de Gerenciamento de Propriedades, JLL

Com grande parte dos profissionais da área de Gerenciamento de Propriedades trabalhando dentro dos empreendimentos, a gestão com as melhores práticas para garantir a saúde e o bem-estar dos funcionários foi adotada desde o início da pandemia. Além disso, o período com baixa taxa de ocupação serviu para que fosse implementado um plano de continuidade.

“Acionamos o comitê de crise da JLL Brasil, ligado à JLL global, para adotarmos as melhores práticas. Em Property Management, por exemplo, foi adotado o plano de continuidade. Nos empreendimentos, além de pensarmos nas pessoas, tivemos que verificar a redução e ajustar os custos”, comentou Fábio Martins.

“Esse plano de continuidade, que hoje também é um produto da JLL, está implementado em todos os empreendimentos com gestão em contrato. Fizemos um ajuste do budget, conversamos com os responsáveis e adequamos as equipes. Dessa forma, o nosso parceiro não perdeu dinheiro, o prédio teve o benefício e não precisamos fazer demissões. Diante da baixa ocupação, também realizamos manutenções e pequenos ajustes, que são importantes para a continuidade”, concluiu.

Como parte do planejamento para a retomada das atividades, a área de Gerenciamento de Propriedades da JLL estabeleceu uma dinâmica para que não faltem produtos essenciais em uma rotina de “novo normal”.

“Dentro da pandemia, fizemos um trabalho grande para verificar quais produtos são necessários ter em estoque e realizamos compras centralizadas. Com o tempo, é natural que as pessoas voltem a comprar, então trabalhamos semanalmente para ter tudo à disposição, evitando possíveis problemas de entrega e de disponibilidade”, finalizou Fábio Martins. 


Sobre a JLL

A JLL (NYSE: JLL) é líder na prestação de serviços imobiliários e em gestão de investimentos. Moldamos o futuro do mercado imobiliário por um mundo melhor, usando as mais avançadas tecnologias para criar oportunidades recompensadoras, espaços incríveis e soluções sustentáveis para nossos clientes, nossas pessoas e todos que nos cercam. A JLL é uma empresa Fortune 500, com receita anual de US$ 18 bilhões, operações em mais de 80 países e uma força de trabalho de mais de 94 mil pessoas em todo o mundo (em 31 de março de 2020). JLL é marca registrada da Jones Lang LaSalle Incorporated. No Brasil desde 1996, a JLL tem sede em São Paulo e escritório regional no Rio de Janeiro, contando com uma equipe de cerca de 900 profissionais prontos para atuar em todo o País. Nosso portfólio de serviços no Brasil oferece: Locação | Aquisição e Vendas | Consultoria e Avaliação | Gerenciamento de Propriedades | Gerenciamento de Facilities | Engenharia e Manutenção Predial | Projetos e Obras | Design & Build. Setores de atuação: Escritório | Industrial | Varejo | Hotel | Healthcare | Educação | Data Center | Life Sciences. Para mais informações, visite o site da JLL Brasil,  jll.com.br