Live analisa o segundo trimestre de 2020 e o impacto da COVID-19 para o mercado imobiliário

Evento promovido pelo FIIs.com.br reuniu especialistas no setor e contou com as participações de André Romano e Thiago Duarte, do time de Capital Markets da JLL.

06 de Agosto de 2020

O que aconteceu no segundo trimestre com o mercado imobiliário? Quais impactos da COVID-19 já foram perceptíveis tanto no segmento de escritórios quanto no industrial? Para discutir esses temas e o atual cenário dos espaços corporativos, com a adoção em massa do trabalho remoto, o FIIs.com.br promoveu, na noite da última quarta-feira (06/08), a live “Resultados do setor corporativo de São Paulo e Rio de Janeiro no segundo trimestre”.

Conduzido por Daniel Caldeira, CEO da Mogno Capital, o evento online reuniu André Romano e Thiago Duarte, do time de Capital Markets da JLL, além de Marcos Baroni, especialista em fundos imobiliários da Suno Research e professor de cursos de graduação e MBA.

No decorrer da live, os participantes discutiram os primeiros impactos da pandemia nos resultados do segundo trimestre no setor imobiliário, levando em consideração os segmentos de escritório e industrial, e o cenário que se apresenta tanto para investimentos quanto para a manutenção dos negócios.

“Com os resultados do segundo trimestre foi possível perceber que, no mercado de alto padrão, mesmo composto por grandes empresas com um processo decisório mais demorado, já existe algum reflexo na disponibilidade dos espaços. Porém, é um movimento sutil em relação ao que o investidor precificou, porque parte das devoluções já estavam previstas. O impacto foi na desaceleração de algumas empresas no que diz respeito aos novos negócios”, disse Thiago Duarte, gerente de Capital Markets da JLL.

“Os dois vetores da equação, que são as empresas que buscavam novos espaços e quem deixou o espaço que ocupava neste período, trabalham juntos para chegarmos ao que é a absorção líquida do trimestre. Somando a esses fatores, tivemos um impacto, de certa forma, negativo, mas algo dentro do planejado até então”, completou. 

Abordando o cenário de devoluções e possíveis consequências a longo prazo para os espaços corporativos com a adoção do trabalho remoto, principalmente no período de isolamento, André e Thiago apresentaram alguns insights obtidos a partir do que foi apresentado pela JLL no relatório First Look do segundo trimestre para os mercados de São Paulo e Rio de Janeiro.

“Se analisarmos o resultado geral, é perceptível que foi negativo por conta de uma série de fatores que já eram previstos em decorrência da pandemia. Mesmo assim, foi em um grau mínimo, o que comprova a resiliência do mercado imobiliário mesmo diante das adversidades”, analisou André Romano, coordenador de Capital Markets da JLL.

“O trabalho remoto é uma tendência que foi apenas acelerada pela pandemia. E isso não quer dizer que os espaços corporativos vão diminuir ou até acabar. Existe uma possibilidade, algo que a gente acredita, que é a descentralização da sede. Dessa forma, você não necessariamente precisa ter um escritório único, mas também um espaço em outra zona da cidade, até mais próximo de onde os funcionários moram e em centros diferentes”, finalizou Thiago Duarte.

Assista à live na íntegra:


Sobre a JLL

A JLL (NYSE: JLL) é líder na prestação de serviços imobiliários e em gestão de investimentos. Moldamos o futuro do mercado imobiliário por um mundo melhor, usando as mais avançadas tecnologias para criar oportunidades recompensadoras, espaços incríveis e soluções sustentáveis para nossos clientes, nossas pessoas e todos que nos cercam. A JLL é uma empresa Fortune 500, com receita anual de US$ 18 bilhões em 2019, operações em mais de 80 países e uma força de trabalho de aproximadamente 93 mil pessoas em todo o mundo (em 30 de junho de 2020). JLL é marca registrada da Jones Lang LaSalle Incorporated. No Brasil desde 1996, a JLL tem sede em São Paulo e escritório regional no Rio de Janeiro, contando com uma equipe de cerca de 900 profissionais prontos para atuar em todo o País. Nosso portfólio de serviços no Brasil oferece: Locação | Aquisição e Vendas | Consultoria e Avaliação | Gerenciamento de Propriedades | Gerenciamento de Facilities | Engenharia e Manutenção Predial | Projetos e Obras | Design & Build. Setores de atuação: Escritório | Industrial | Varejo | Hotel | Healthcare | Educação | Data Center | Life Sciences. Para mais informações, visite o site da JLL Brasil,  jll.com.br