Webinar debate oportunidades do mercado imobiliário corporativo no cenário pós-pandemia 

Promovido pela Smartus, o evento discutiu os efeitos da COVID-19 no setor e contou com a participação de Roberto Patiño, diretor da área de Integrated Portfolio Services da JLL.

11 de Maio de 2020

Como os escritórios comerciais, coworkings e lajes corporativas planejam retomar o ciclo de locações? Quais oportunidades se apresentam para o setor após a COVID-19? Para discutir essas questões e o atual cenário do mercado imobiliário corporativo, Roberto Patiño, diretor da área de Integrated Portfolio Services da JLL, foi convidado para participar do webinar “Escritórios: oportunidades em um mundo transformado digitalmente”.

Promovido pela Smartus, uma empresa do Grupo GRI, o evento foi apresentado por Leonardo Faria (diretor de Projetos - Smartus) e contou com as participações de outros especialistas no tema, como Tiago Alves (CEO Brasil - Regus) e Gustavo Favaron (CEO – GRI Club).

No webinar, os convidados discutiram os novos parâmetros de operação que estão sendo adotados no atual cenário de pandemia e quais aspectos podem ser aproveitados, unidos à tecnologia, para reformular o mercado e apresentar oportunidades para o setor imobiliário corporativo.

“Hoje, por exemplo, estamos oferecendo projetos em que ajudamos nossos clientes nessa reentrada aos escritórios. O retorno passa por três pontos cruciais: saúde, facilities e estratégias de workplace. Trata-se de uma questão de entendimento, de boa comunicação e de adequação do espaço, que pode acontecer até mesmo com sensores que, em tempo real, identificam a utilização do espaço”, comentou Roberto Patiño durante o evento.

Outro aspecto levantado durante o webinar diz respeito ao ciclo de locações e a forma como a adoção do trabalho remoto durante a pandemia pode afetar os escritórios e a taxa de ocupação a médio e longo prazos. Sobre o ponto, Patiño explicou a dificuldade de mensurar o choque de demanda em meio à pandemia e a busca das empresas por preservar recursos visando a uma retomada gradual.

“A perda de um contrato ou a saída de um cliente faz com que tenhamos algo entre 10 e 12 meses de vacância. Por outro lado, as empresas estão considerando de forma pragmática como será o retorno e em que situação ocorrerá. Nesse sentido, existem dois pontos que devem ser avaliados. O primeiro está na flexibilização do espaço e da densidade, o que resulta em uma redução natural da demanda. Ao mesmo tempo, serão necessários mais espaços e uma adequação a essa nova realidade”, disse. 

Assista ao webinar na íntegra:


Sobre a JLL

JLL (NYSE: JLL) é uma empresa líder em serviços profissionais, especializada em mercado imobiliário e gestão de investimentos. A JLL molda o futuro do setor imobiliário para um mundo melhor, usando a tecnologia mais avançada para criar oportunidades, espaços incríveis e soluções imobiliárias sustentáveis para nossos clientes, pessoas e comunidades. A JLL é uma empresa Fortune 500, com receita anual de US$ 18 bilhões em 2019, operações em mais de 80 países e uma força de trabalho global de mais de 92.000 pessoas em 30 de setembro de 2020. JLL é o nome da marca e logomarca da Jones Lang LaSalle Incorporated. Para mais informações, visite jll.com.br